Andorinha e Gaivota: o pouso das aves nas Lagoas de Santo Amaro

Publicado em 15 de julho de 2019

Maiara Barbosa

A viagem longa e um pouco cansativa em tudo recompensa pelo contato da natureza que se demonstra intacta na cidade de Santo Amaro, que faz parte dos Lençóis Maranhenses. O Rio Alegre é o que corta a cidade e ele não aceita tristeza por ali. Para atravessá-lo, o cansaço e o desânimo devem ficar do outro lado da entrada da região conhecida como Grandes Lençóis.

Saiba mais:

A simplicidade na infraestrutura contrasta com a grandiosidade das lagoas. Para chegar até elas, o caminho é mais curto e sem grandes emoções sobre os veículos 4×4 adaptados.

Ali as lagoas estão mais próximas da cidade e o caminho até a entrada do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses dura menos de meia hora.

Deixando o Centro de Santo Amaro, o movimento de crianças na rua com as mochilas nas costas à caminho da escola e os grupos de pescadores a desembaraçar a rede na varanda vão se distanciando.

Casas de tijolos à vista e palmeiras de carnaúba dão espaço para a areia e as dunas que vão surgindo no horizonte.

Andar pelas dunas de carro é sentir-se explorando um deserto, porém, com água em abundância. Além de cristalinas, as lagoas abrigam pequenos peixes, que trazem mais encanto ainda para o cenário.

Se no céu gaivotas e andorinhas não costumam a voar juntas, nos Lençóis Maranhenses elas são vizinhas e dão nome às lagoas mais conhecidas de Santo Amaro.

Próximo delas também fica outra lagoa conhecida como Ribinha-Ceará.

Mesmo protegidas por grandes dunas, o vento quando bate forte é capaz de mover pequenas ondas na água. De grãos de areias menores, caminhar sobre o chão fofo é encontrar maciez para os pés.

Para se programar:

As quatro estações do ano nos Lençóis Maranhenses são resumidas em apenas duas: verão e inverno, o que não significa que no inverno não faça calor. A diferenciação, porém, fica por conta apenas da quantidade de chuvas.

Entre os meses de outubro e maio as chuvas costumam vir com mais frequência, o que deixa as lagoas mais cheias, porém, a areia fica mais escura. Já a alta temporada acontece em época de seca, que compreende os meses de junho até setembro. Durante este período, as lagoas mantém o mesmo nível de água, mas a areia embranquece e faz um contraste ainda maior com o azul da água e do céu.

Para visitar as lagoas é preciso estar acompanhado de guia. Dom é um guia daqueles que conhece cada duna e cada caminho d´água melhor que as marcas da palma da mão. Nascido no povoado de Queimada dos Britos, especializou-se em guia de caminhada.

Sua empresa, a Luz Turismo faz passeios pela região de Santo Amaro, como nas lagoas da Gaivota, Andorinha, Betânia e Emendadas. Além disso, Dom continua acompanhando os visitantes que desejam fazer o trekking, com caminhadas de longa distância passando pelos povoados de Betânia, Queimada dos Britos, Baixa Grande ou até mesmo para Barreirinhas e Atins.

Para fechar, a empresa também oferece opções de transfer e todos os passeios podem acontecer, tanto em grupos, quanto na opção privativa. O contato do Dom é o (98) 9981-9574.

Entre as opções de hospedagem, a Pousada Bellas Águas se destaca pela boa localização e serviços oferecidos. Próximo das margens do Rio Alegre, a pousada conta com quartos, equipados com televisão, ar-condicionado, frigobar, chuveiro de água quente e wi-fii. A limpeza dos ambientes é feita diariamente de maneira zelosa.

O ambiente é aconchegante, decorado com flores desde a recepção até o belo jardim nos fundos. O espaço é ótimo para relaxar, conversar ou ler um livro enquanto se observa os passarinhos e beija-flores que visitam o local.

O café da manhã é saboroso e o destaque fica para as tapiocas e opções de geleias, além da fartura de frutas e opções de sucos para reforçar o dia de passeios. A estrutura da pousada ainda conta com estacionamento e a recepção funciona 24 horas.

Outra vantagem é que na rua ao lado existe um mercadinho onde é possível comprar água, biscoitos e produtos de higiene que faltarem. Também bem próximo da Pousada Bellas Águas fica o Restaurante Sol de Amaro. Com preço justo, o espaço oferece pratos saborosos no almoço e na janta. A equipe sempre atende com um sorriso no rosto, adora uma conversa e, com certeza, irá te convidar para descansar no redário.

*A viagem para os Lençóis Maranhenses teve apoio do guia Dom e da Pousada Bellas Águas. Apesar disso, as informações aqui descritas são livres de qualquer contraprestação.

 

 

 

booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você estará ajudando a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!

 

Adicionar a favoritos link permanente.

11 Comments

  1. LUCIO FABIO DA COSTA JUNIOR

    Impressionado cada vez mais com a beleza dessa região. Post maravilhoso e cheio de dicas. Amei.

  2. Amei as dicas, principalmente de como o clima/epoca do ano interfere na paisagem e no turismo! É preciso se atentar a todos os detalhes na hora de planejar a trip!

  3. Ahhh, Maiara! Voce e seu dom de me teletransportar para os locais que visitou e escreveu sobre. Não deixarei Santo Amaro de fora mesmo. Obrigada.

  4. Que post maravilhoso. Estou encantada com esse destino. Amei ❤

  5. Quanta informação legal! Muito detalhe! Já favoritei aqui para planejar minha ida aos Lençóis!

    • Que post mais lindo, nunca tinha ouvido falar desta parte dos lençóis maranhenses! Adorei a dica! Sempre achei que perto não tinha muita estrutura e era um super perrengue chegar até la, quando eu for quero ficar em Santo Amaro então! Beijos

  6. Vcs definiram bem o Maranhão é a simplicidade convivendo com o luxo da Natureza. Me bateu saudades agora das férias

  7. Andréa Azevedo

    Há tanto tempo eu quero conhecer esse lugar mas ainda não tive oportunidade. Enquanto isso vou matando a vontade pelo seu post! 🙂

  8. CINTIA VAZ CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE

    Nossa lençóis Maranhenses estão na minha lista tem tantos anos! Ainda não sei porque não fui conhecer.. Acho que é porque temos umas férias por ano e temos muitos lugares que estão na nossa lista. Mas vou dar um jeito de conhecer esse paraíso! Com certeza!

  9. Estou encantada com seus posts sobre os Lençóis, que lugar mais lindo! Este nosso Brasil é mesmo muito abençoado em beleza viu?

  10. Que lugar mais good vibes !!!! Fiquei encantada e já quero conhecer!Ah, e a dica da melhor época para ir é valiosa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *