Compreender as igrejas de Ouro Preto é também compreender a história da cidade. Além de serem templos da fé, foram dentro delas que os inconfidentes faziam suas reuniões, que artistas grandiosos, como Aleijadinho, construíram seus trabalhos e deixaram o seu legado. Ir à missa, antigamente, era um evento social tanto é que escravos e negros não podiam sequer entrar nas igrejas. Para isso, os negros tinham seu próprio templo, onde faziam suas preces e orações.

A maioria das igrejas paga-se para entrar, mesmo para quem está acompanhado de guias. Os preços das visitas variam, mas, para mim, foram indispensáveis para conhecer esse mundo a parte de Ouro Preto.

Veja mais:

Igreja de São Francisco de Assis

Esta é uma das igrejas mais procuradas da cidade por ser conhecida como a obra-prima de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. É dele o projeto da fachada, marcado por adornos na porta principal e duas torres laterais, com uma cruz no centro.

Do lado de dentro, no teto da nave central, as pinturas são do mestre Manuel da Costa Ataíde. Os desenhos de anjos em um fundo azul representam a glorificação de Nossa Senhora, que está no centro do painel.

Quem se senta nos bancos e olha para cima, tem uma ilusão de ótica com a pintura que faz com que o teto pareça estar se projetando para o infinito. As pinturas ainda acompanham as paredes laterais, até o altar.

Os trabalhos feitos por Aleijadinho ainda estão registrados nas peças de pedra-sabão na porta principal, na sacristia e no lavado da Igreja. A construção começou em 1766, mas os trabalhos dos ladrilhos dos corredores e dos altares laterais terminaram só em 1890.

A Igreja fica no Largo de Coimbra e abre para as visitações de terça à domingo, das 8h30 às 12h e, das 13h30 às 17h. As missas são celebradas sempre aos domingos, às 19h.

Igreja do Rosário

O nome completo da igreja, na verdade, é Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos. Isso porque a maioria dos seus frequentadores eram escravos, mulatos e os brancos pobres.

Com a fachada meio curvada, ela é considerada a “mais alta expressão do barroco”, apesar de não se saber quem foi que fez seu projeto.

Dentro da igreja, apesar da simplicidade de adereços, estão seis altares laterais e o chão é todo trabalhado em mosaicos.

A igreja fica no bairro do Caquende, próximo de onde se partia para Estrada Real, e começou a ser construída em 1765.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

O pai de Aleijadinho também deixou a sua marca registrada nas igrejas de Ouro Preto. É dele o projeto da Igreja dedicada a Nossa Senhora do Carmo. A construção demorou seis anos (de 1766 até 1772).

No alto das duas torres, estão dois sinos. O dourado que dá cor do lado de fora e, no lado de dentro, a igreja conta com dez painéis de azulejos portugueses. Os dois altares laterais são dedicados para São João e Nossa Senhora da Piedade. O lavabo esculpido em pedra-sabão é atribuído a Aleijadinho.

A Igreja fica na Rua Brigadeiro Musqueira, s/n, no Centro. As visitas acontecem de terça a domingo, das 8h30 às 11h e, das 13h às 17h. A missa é rezada às 8h30, aos domingos.

Igreja do Pilar

Dentre as 12 igrejas de Ouro Preto, a Igreja do Pilar se destaca pela quantidade de ouro. Toda a pintura feita no seu interior é folheada a ouro e prata. Para o trabalho minucioso foram utilizados mais de 400 quilos dos minérios em pó.

No século XVIII era a paróquia mais rica de Vila Rica. Em toda a igreja existem figuras de anjos e, no Museu de Arte Sacra, que fica ao lado da igreja, estão guardados imagens, documentos e vestimentas que são utilizadas pelos padres na celebração do Santíssimo Sacramento.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo Brasil!

10 Comments

  • Manuela
    Posted 12/06/2018

    As igrejas de Ouro Preto são pura história. Fiquei super curiosa para ver o teto que parece se projetar para o infinito. Deve ser lindíssimo!

  • Anna Claudia Rodrigues Santos
    Posted 14/06/2018

    Ouro Preto provavelmente será um destino a ser conhecido esse ano ainda… Adorei saber um pouco mais sobre as igrejas. Não sabia que eram 12 no total! Bastante mesmo! Vou precisar dar uma estudada na história para relembrar melhor a cidade, porque assim sem dúvida a viagem fica muito mais gostosa. Bjs

  • Silvia Carvalho
    Posted 14/06/2018

    Eu simplesmente amo visitar as igrejas dos lugares por onde passo! E com certeza Em Ouro Preto deve ser uma experiência incrível! Adoro a história por trás da arquitetura, construção e interiores das igrejas! Com certeza vou lembrar desse post quando estiver programando uma viagem para essa cidade histórica de Minas!

  • Jaqueline
    Posted 14/06/2018

    A história de Ouro Preto me encanta, e as igrejas também! Adorei conhecer um pouco sobre elas, e pretendo visitar em breve!!

  • Carla Macedo
    Posted 15/06/2018

    Não conheço Ouro Preto, mas há tempos desejo conhecer esse mega patrimônio cultural e vendo as duas fotos, realmente é um acervo incrível. A Igreja de São Francisco de Assis é muito bela, fiquei super curiosa para saber como são as pinturas dos anjos em um fundo azul.

  • Danielle
    Posted 20/06/2018

    Ouro Preto é fascinante! Já passei um Carnaval em MG e fiquei apaixonada pela cultura mineira. Cada igreja com a sua história estampada nas paredes, tetos e portas. A arquitetura barroca predomina nas construções e abre caminho para novos artesões.

  • Renata Telles
    Posted 21/06/2018

    Sem duvida um post essencial para turistas, mesmo aqueles que nao sao catolicos! É primordial conhecer a historia do nosso país e carambaaaaa, sao igrejas que começaram a ser construidas em 1700, um verdadeiro patrinomnio!!!!

  • Sthefania
    Posted 21/06/2018

    A grande atração de ouro preto, não é? Achei algumas parecidas, mas me encantei mais pela Pilar, porque fiquei imaginando o ouro! hahaha

  • Aline Pires
    Posted 21/06/2018

    Quero muito conhecer Ouro Preto, inclusive quero conhecer ainda esse ano e amei as igrejas e elas agora estão na lista para conhecer quando for conhecer essa Cidade encantadora

  • Leandra
    Posted 21/06/2018

    Só de ler o título do post meu coração já acelerou porque eu simplesmente amo, amo, amo Ouro Preto. Masss, ainda não conheço todas as igrejas. Resolvi ler aqui pra conhecer um pouco mais da história dessa cidade que mora em meu coração…hahaha… sim.. Falar de Ouro Preto é falar das suas lindas igrejas! Vou jájá programar mais uma visita lá e aproveitar as dicas do blog. Um abraço.

Deixe um comentário

Newsletter

Deixe aqui seu e-mail para receber as novidades!

Meu Destino é Logo Ali  2020. Todos os direitos reservados.