10 opções de cidades de Minas Gerais para conhecer

Publicado em 29 de abril de 2019

Maiara Barbosa

Minas Gerais é um estado rico. Não só por conta do ouro, mas por conta da sua gente, da sua arte, das suas tradições, da sua fé, da sua natureza e suas cachoeiras e também por ser berço de tanta gente importante para o nosso país.

Um dos seus filhos mais célebres, Carlos Drummond de Andrade, já dizia que “As montanhas escondem o que é Minas. (…) Ninguém sabe Minas. (…) Só mineiros sabem. E não dizem nem a si mesmos o irrevelável segredo chamado Minas.”

Em um estado com mais de 850 cidades, é difícil escolher quais são as mais encantadoras, afinal, cada uma delas tem seu charme especial. Para não cometer esse erro sozinha (rs), junto com mais quatro blogueiras apaixonadas por Minas, listamos dez cidades que você deveria conhecer:

BOOKING.COM: RESERVE SUA HOSPEDAGEM AQUI!

– Aiuruoca

No sul de Minas Gerais, Aiuruoca é uma cidade repleta de cachoeiras. A Ju, do blog Além da Curva, conta que a cachoeira mais bonita que ela já visitou até agora fica lá.

Além disso, outras duas curiosidades da cidade é que lá o carnaval é comemorado antecipadamente e foi lá em Aiuruoca que nasceu a atriz Isis Valverde e é super comum encontrar fotos dela pelos mercadinhos e também ouvir os moradores contando que a conhecem.

– Belo Horizonte

A capital “belzonti” tem passeios para quem gosta de museus, praças, etc. A Jéssica, do Explore Minas (um dos blogs mais completos que já vi até hoje sobre as terras mineiras) reuniu dicas de passeio para quem gosta desde arquitetura, até para quem gosta de apreciar a gastronomia local.

O Mercado Municipal, a Praça da Liberdade e o Conjunto Arquitetônico da Pampulha são só algumas das dicas de lugares para serem explorados.

– Carrancas

Se você gosta muito de cachoeira, o destino é Carrancas: são mais de 50! Tem cachoeira com escorregador, cachoeira com mais de 15 metros de queda e até complexo de poços para banho.

A beleza é tamanha que o local já foi locado várias vezes para gravações de novelas e é fácil de se locomover. A Ju alugou bicicleta e tambéem conseguiu carona com os moradores de lá. No Blog Além da Curva você confere os detalhes do roteiro dela.

– Catas Altas

Você sabia que o Brasil possui uma única cordilheira e ela está em Catas Altas? A cidade foi explorada no ciclo do outro, durante o período colonial, e ela preserva o conjunto arquitetônico da época.

Quem visitou o local recentemente foi o casal de amigos mineiros Vanessa e Leonardo, do blog O queijo vai na mala (sim, é verdade: eles levam queijos em todas as viagens que fazem). Eles me contaram que, além do Centro Histórico dá para conhecer também, adivinha o quê?

A produção de queijos da cidade! O roteiro desse casal tem muito mais e o relato da viagem você confere no blog que tem meu nome favorito!

– Gonçalves

A cidade faz parte da Serra da Mantiqueira, de alma interiorana, mas que conta com uma vasta rede de hospedagem, restaurantes e, claro: atrativos naturais.

Os amigos queijeiros (espero que a Vanessa e o Leonardo não fiquem bravos com essa) foram pra lá e se encantaram com as lojinhas, as praças e as cachoeiras. No blog O queijo vai na mala você ainda encontra dicas de onde comer em Gonçalves.

– Inhotim

É na cidade de Brumadinho que está o maior museu de arte a céu aberto do mundo. A Mariana, do blog Mariana Viaja, conta que lá é um local incrível que mistura botânica, arquitetura e arte contemporânea. O projeto do museu de Inhotim tem 25 pavilhões, que seria o equivalente a mais de 100 estádios de futebol.

No blog, ela conta também algumas informações são importantes e podem ajudar no planejamento da sua viagem.

– Ouro Preto

Ouro Preto é uma das cidades mais fascinantes de Minas, onde você esbarra com a história do nosso país em cada esquina. São inúmeros os prédios históricos, as igrejas tombadas.

A Jéssica, do Explore Minas, tem um acervo enoooorme de dicas do que você vai encontrar por lá.

– São João Del Rei

Pertinho de Tiradentes, São João Del Rei é menos balada do que a cidade vizinha. O estilo arquitetônico de arte barroca se repete nos casarões e nas igrejas. A Mariana disse que a cidade não é tão grande e pode ser visitada em dois ou três dias e, no seu blog, estão algumas dicas turísticas, culturais, artísticas, gastronômicas e de lazer, com preços mais em conta para os viajantes.

– São Thomé das Letras

Essa cidade é a minha queridinha: a magia os mistérios da cidade e a simplicidade dos artistas e moradores me encantaram. É incrível de ver um lugar onde a natureza é tão bem preservada.

Dentre todos os cenários das cachoeiras, a cidade também tem seu cartão postal: a Pirâmide, um lugar onde você pode apreciar, e aplaudir, o pôr do sol.

– Tiradentes

Aos pés da Serra de São José, Tiradentes é um refúgio mineiro. São casarões históricos, museus, restaurantes, ateliês artísticos, Maria Fumaça, e também é um lugar de aventura para quem faz a travessia da serra.

A religiosidade do povo mineiro está marcada na parede, de casa casinha, com uma cruz. Se não bastasse, lá é a terra onde Chico Mineiro trabalhou ao longo de mais de 80 anos produzindo os melhores quitutes.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo Brasil!

 

booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você ajuda a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!

 

 

Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *