Pedra da Macela: o melhor lugar para ver o sol nascer em Cunha

Publicado em 20 de maio de 2019

Da Pedra da Macela é possível ver a Baía de Paraty @meudestinoelogoali

Maiara Barbosa

O dia em Cunha começa cedo. Antes do sol nascer, ainda por volta das 3h, já se vê um movimento de carros na Estrada Cunha-Paraty. O silêncio da madrugada é interrompido pelos motores de carros. Mais adiante, além dos carros, se houve também pisadas na trilha entre pedras soltas.

O objetivo de quem madruga é alcançar a Pedra da Macela. O caminho ao cume de 1.840 metros é feito em companhia das estrelas e numa luta contra o tempo para que a despedida da lua, e as boas vindas ao sol, sejam feitas já no topo da trilha.

Em média, a caminhada dura entre 30 minutos a uma hora por uma trilha simples, porém, íngreme.

Quem chega pela manhã, encontra grupos, em sua maioria de jovens, acampados na montanha que já reservaram seu camarote para o nascer do sol.

Entre risadas, conversas e muito chocolate quente para espantar o frio, aos poucos, a cor do céu vai mudando. O azul da noite vai morrendo enquanto o sol começa a rasgar o dia, lá de baixo, na Baía de Paraty.

Primeiro, uma faixa laranja aparece no céu entre as montanhas e, quando a neblina se vai embora, a paisagem revela até mesmo o reflexo do sol no mar.

Apesar do espetáculo se repetir diariamente, o encanto atinge até os mais insensíveis quando os primeiros raios de sol aquecem o rosto. Nem é necessário dizer que músicas e aplausos compõem a atmosfera de contemplação da natureza.

Céu azul, sol subindo e ganhando força, barracas sendo desmontadas e trilha abaixo.

ascer do Sol visto da Pedra da Macela @meudestinoelogoali

Saiba mais

Por que “Macela”?

Sim, Macela e não Marcela. O nome se deve a grande quantidade de arbustos de macelas. A erva tem propriedades medicinais e flores amarelas perfumadas. Elas são usadas também para o enchimento de almofadas e travesseiros.

A florada das macelas acontece entre março e maio, o que deixa o caminho até o topo mais colorido.

O que você precisa saber para preparar sua visita em Cunha:

Trilha para a Pedra da Macela @meudestinoelogoali

– A cidade deixa a desejar na sinalização turística. A Pedra da Macela está 27 km distante do Centro. Para chegar até lá, primeiramente, siga até pela Estrada Cunha-Paraty.

Em uma curva à direita, próximo do km 65, haverá uma placa indicando apenas “Bairro da Macela”. A partir dali serão mais cerca de 4 km.

É preciso entrar na estrada à esquerda e, depois de 20 minutos, você irá encontrar a entrada para um restaurante e cervejaria. Siga à direita e, logo após a subida do morro, ficará a porteira com o estacionamento onde os carros devem ser deixados.

O acesso ao cume só é permitido a pé.

– Para quem não irá acampar, por questão de proximidade, a dica é buscar uma casa já na Estrada Cunha-Paraty. Ainda assim, se não quiser acordar tão cedo, será preciso fazer uma parte do caminho de carro.

– Não é preciso ter medo de errar o caminho e passar a entrada. Certamente, outros carros e outras pessoas a pé estarão fazendo o mesmo trajeto. A porteira também não passará despercebida, tamanha a quantidade de veículos que lá ficam estacionados.

– Apesar do ponto alto ser o nascer do sol, há quem prefira visitar a Pedra da Macela com o dia claro. Fica a céu critério.

– Caso leve alimentos, não esqueça de juntar o lixo.

 

Adicionar a favoritos link permanente.

8 Comments

  1. Liany A Garves

    Que lindo!! Eu sou apaixonada por trilhas assim e amo um nascer do sol! Muito, sempre que posso faço esse tipo de atividade. Com certeza ia aproveitar pra acampar!! 🙂

  2. Gente! Eu pensava que conhecia Paraty, mas não! Ledo engano! Não sabia dessa Pedra da Macela. Ficou uma vontade de voltar e seguir esse Roteiro!

  3. Um dos lugares em que mais passei frio hahahahaha, o nascer do sol é lindo mesmo, mas sua foto lá ficou irada de mais! Realmente Cunha não sabe aproveitar seu potencial turístico com muita cisa pouco divulgada entre trilhas e cachoeiras

  4. Ah não, estava aí do lado e não fui na Pedra da Marcela! Pena só ver esse artigo agora… mas é mais um motivo pra voltar pras bandas de Paraty e esticar até Cunha.
    Amei as dicas!

  5. Thiago Carvalho

    Nunca fomos em Cunha, embora já tenhamos visitado cidades próximas. Certamente está na nossa lista e já saber o melhor local para um por do sol é sensacional. A foto é uma verdadeira pintura! Obrigado por compartilhar.

  6. Que fotos mais lindas!! Algo que eu gostaria de me habituar mais a fazer é ver o nascer do sol! Acabo sempre acordando mais tarde e perco esse momento incrível, mas sou apaixonada.

  7. André Azevedo

    Não tinha ainda ouvido falar dessa trilha! Que nascer do sol mais lindo! Quando voltar à Paraty com certeza vou querer incluir no meu roteiro!

  8. Eu sou doida pra visitar Cunha,as agora que saí do RJ e to morando em Brasília, tá ficando difícil! Rs

    Já tinha visto muitas fotos do nascer do sol em Cunha, mas nenhuma do por do sol! Já amei a dica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *