Em um país “abençoado por Deus e bonito por natureza”, conhecer os atrativos naturais está entre os principais motivos dos viajantes. Seja nas Chapadas ou em cidades de montanha, as nossas cachoeiras merecem um roteiro exclusivo só pra elas.

A coloração cristalina de suas águas ou a altura das quedas fizeram com que muitas cachoeiras tornassem-se cartões postais e visitá-las tornou o desejo de muitos. Confira algumas cachoeiras tidas como as mais bonitas do Brasil:

Cachoeira de Santa Bárbara (GO)

A Chapada dos Veadeiros que, até uns anos atrás era visto como um destino alternativo para quem buscava experiências místicas, se popularizou com as fotos de uma das suas cachoeiras mais visitadas: a Cachoeira de Santa Bárbara, que fica na comunidade Kalunga, em Cavalcante.

A Cachoeira de Santa Bárbara chama atenção pela cor azul e cristalina de suas águas. A queda d´água tem pouco mais de 30 metros e o número de visitantes é controlado, por isso, o ideal é chegar cedo no local. Para visitar a cachoeira e a comunidade Kalunga é obrigatório a companhia de um guia.

Encanto Azul (MA)

Com o nome de “Encanto”, não é possível esperar pouca coisa da cachoeira que fica na cidade de Riachão, na Chapada das Mesas. A queda d´água surge da fenda de um cânion e surpreende pela coloração azulada. O tom escuro se dá por conta da presença de calcário na cachoeira.

O Encanto Azul fica dentro de uma propriedade particular e é cobrada uma taxa de visitação. Da portaria até lá são poucos minutos de caminhada por uma trilha fácil.

Cascata do Caracol (RS)

Na Serra Gaúcha, além da busca pelos vinhos, chocolates e grupos tradicionais da cultura alemã e italiana, o visual da Cascata do Caracol também atrai milhares de visitantes todos os anos em Canela. A queda d´água tem 131 metros e é possível avistá-la de diferentes ângulos através dos bondinhos instalados no Parque do Caracol.

Além da observação da Cascata e do bondinho, o Parque também conta uma pequena trilha e uma exposição de esculturas.

Cachoeira do Tabuleiro (MG)

Foto: Henrique Cunha

Na região central do estado de Minas Gerais, na pequena cidade de Conceição do Mato Dentro, fica a Cachoeira do Tabuleiro. A cachoeira é muito procurada por quem gosta de trilhas, contato com a natureza e simplicidade.

Vista de longe, o formato das rochas da cachoeira lembram um coração. A Cachoeira do Tabuleiro é a mais alta de Minas Gerais, com 273 metros de altura, e a terceira maior do Brasil.

Cachoeira da Fumaça (BA)

Foto: Melhores Destinos

Um dos principais atrativos da Chapada da Diamantina, na Bahia, é a Cachoeira da Fumaça. São 340 metros de altura, entre paredões que parecem prateleiras de rochas sobrepostas.

A visitação pode ser feita tanto na parte de cima da cachoeira, quanto observá-la na parte debaixo. Em ambos os caminhos é preciso fazer uma trilha e ter disposição de caminhada de, no mínimo, 12 km.

Cachoeira Serra Azul (MT)

Mais recentemente, as cachoeiras de Mato Grosso começaram a ganhar destaque nas redes sociais. Na Vila de Bom Jardim, em Rosário do Oeste, fica a Cachoeira Serra Azul. A queda d´água tem aproximadamente 50 metros e um belo poço para nadar.

Para chegar até lá é preciso fazer uma pequena caminhada, de 800 metros que passa por dois trechos de escadarias irregulares, que totalizam 470 degraus.

A visitação da Cachoeira Serra Azul faz parte do roteiro Rota das Águas e também é possível conhecê-la através de um tour virtual.

Cachoeira de São Romão (MA)

O grande diferencial de quem visita a Cachoeira de São Romão, na Chapada das Mesas, é poder sentir a força da natureza por trás de sua queda, numa espécie de caverna que se abre no final da trilha.

A cachoeira fica dentro do Parque Nacional da Chapada das Mesas, na cidade de Estreito. De Carolina, principal cidade para quem visita a Chapada, até lá são 54 km. A visitação custa R$ 20 e, além da experiência de visitar a cachoeira embaixo da sua queda, é possível andar de caiaque e almoçar no local.

Poço do Céu (RJ)

Foto: Quanto Custa Viajar

Na região sul do Rio de Janeiro, o distrito da Serrinha do Alambari guarda preciosidades em forma de cachoeiras. A maioria delas fica dentro do Camping Clube do Brasil, porém, o Poço do Céu e o Poço do Dinossauro ficam fora do camping.

O Poço do Céu impressiona pela cor da água cristalina e a pequena piscina que se forma na correnteza da água. O local rende ótimas fotos! Descendo entre a vegetação, chega-se ao Poço do Dinossauro, maior e mais tranquilo para nadar.

Estando na região, inclua também as cachoeiras de Maromba, Visconde de Mauá e Maringá.

Cachoeira de Paquetá (SP)

Foto: Volto Logo]

Ilhabela, além de diversas opções de praias e trilhas, é possível visitar belíssimas cachoeiras. Uma das mais conhecidas é a Cachoeira de Paquetá, que deixa qualquer piscina com borda infinita com inveja. Além disso, a sua localização oferece uma vista para o mar.

Para chegar até lá é possível ir de carro e seguir o caminho pela trilha. Até o primeiro poço são cerca de 20 minutos de caminhada leve. Já para alcançar a parte de cima da cachoeira, a trilha exige um pouco mais de preparo.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo Brasil!

O booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você ajuda a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!

Deixe um comentário