Confira 5 mirantes gratuitos em São Paulo

Publicado em 23 de março de 2020

Maiara Barbosa

Curvar a cabeça para trás e admirar os prédios de São Paulo é uma tarefa que desperta encanto, até mesmo daqueles que já estão acostumados com a cena. Olhá-los de cima, então, cobrindo o horizonte, é uma tarefa quase “obrigatória” para quem visita a cidade.

Por isso, confira a lista de 5 lugares em que você consegue ter esta vista sem desembolsar nada:

Copan

Foto: Mapio

As ondas desenhadas por Oscar Niemeyer ganham destaque na região da República. O prédio é residencial e começou a ser projetado na década de 1950, mas a inauguração só veio em 1966. Para visita-lo é preciso subir com algum morador ou aguardar a abertura das visitas guiadas, que costumam ser esporádicas.

O Copan tem 32 andares e conta com um número de CEP próprio!

Como chegar: A estação do metrô mais próxima é a da República. Siga pela saída sentido “Avenida Ipiranga” e o Copan fica a 5 minutos de distância.

Saiba mais:

BOOKING.COM: RESERVE SUA HOSPEDAGEM AQUI!

Edifício Martinelli

O prédio ficou fechado para a visita nos últimos anos, mas reabriu as visitações gratuitas. O Martinelli é considerado o primeiro arranha-céu de São Paulo e foi inaugurado em 1929, com 20 andares, na esquina da Rua São Bento com a Avenida São João.

A polêmica em torno do edifício começou com a ampliação da construção. Por muitos anos, o prédio ficou abandonado, se tornou cortiço e praticamente um “lixão” e, por isso, quase foi derrubado.

Atualmente, o Martinelli é um dos principais símbolos arquitetônicos do Brasil e já foi ponto de encontro da alta sociedade paulistana também. Por lá já passaram o Cine Rosário, barbearias, lojas, uma igreja e o luxuoso Hotel São Bento.

O acesso para as visitas acontecem pela entrada da Rua São João, todos os dias. Para a visita é preciso fazer o agendamento e apresentar documento com foto na entrada.

Como chegar: A estação mais próxima é a São Bento (Linha Azul). A saída é pela Rua São Bento e a caminhada leva 3 minutos. Também está próximo das estações Sé e Anhangabaú (Linha Vermelha).

Edifício Matarazzo

Foto: Guilherme Cunha

O prédio da Prefeitura de São Paulo também é aberto para visitação. A vista que se tem do terraço inclui o Viaduto do Chá e o Teatro Municipal. Além do que se avista lá do alto, o atrativo principal poderia ser o jardim construído no terraço. São mais de 400 espécies vegetais e um pequeno lago com carpas.

O prédio tem 14 andares e no hall de entrada as paredes são revestidas em mármore. Para visitar o terraço é preciso agendar uma visita.

As visitas acontecem de segunda-feira à sábado, às 14h30 e às 16h30. Apesar de não ser preciso agendar, o ideal é chegar com uma hora de antecedência. É preciso levar um documento com foto.

Como chegar: a estação mais próxima da Prefeitura de São Paulo é a Anhangabaú. Siga sentido viaduto do Chá.

Mirante 9 de Julho

Foto: Partiu Mundo

Mais um espaço de São Paulo que tinha sido esquecido e agora ganhou vida nova é o Mirante 9 Julho, que fica pertinho da Avenida Paulista. O espaço cultural conta ainda com uma cafeteria e restaurante.

Com clima alternativo e aberto para todos, o Mirante 9 de Julho é também um espaço para coworking, assistir cinema ao ar livre e conferir a programação cultural, que engloba desde feiras até mostras fotográficas.

Como chegar: para quem chega de metrô, a estação para o desembarque é a Trianon. Já para quem vem a pé, basta descer a rua do quarteirão do MASP e logo chegará ao Mirante 9 de Julho.

Mirante do Sesc

Outra opção de Mirante na Paulista que, apesar de ser um dos mais novos dentre os famosos arranha-céus da cidade, já se tornou o queridinho entre visitantes e paulistanos é o Mirante do Sesc. O mirante fica no topo do prédio de 17 andares e o espaço ainda conta com um café e um mezanino.

A dica para quem chega ao topo é observar o mural do artista Eduardo Kobra, que fica do lado direito. No interior do prédio do Sesc há uma vasta programação cultural e até mesmo espaço para práticas de atividades físicas.

O Sesc da Avenida Paulista funciona de terça a sábado das 9h às 22h e, aos domingos, das 10h às 19h. 

Como chegar: a estação mais próxima do metrô é a Brigadeiro.

Dicas Bônus

Foto: Caio Pimenta

Outros dois mirantes, que são verdadeiros cartões postais de São Paulo, não poderiam ficar de fora da lista por não se encaixarem no padrão de passeios gratuitos. São eles o Terraço Itália e o Farol Santander.

O Farol Santader está instalado no antigo prédio do Banespa, símbolo de São Paulo por carregar a bandeira do estado no topo.  Edifício reúne exposições fixas, que contam como era a rotina do banco no século passado, e exposições temporárias.

Além disso, para quem chega no último andar, se depara com uma vista de 360º de São Paulo e pode também tomar um café nas alturas. Outra dica, em terra firme, é o bar do cofre, que fica no subsolo do prédio.

As visitas acontecem de terça-feira a domingo, das 9h às 20h e os ingressos podem ser comprados antecipadamente.

Foto: A vida no Centro

Já o Terraço Itália é conhecido pela alta gastronomia há mais de 50 anos. São dois ambientes: o salão nobre e o bar, ambos com uma vista privilegiada de São Paulo.

A programação musical, o cardápio e as reservas podem ser feitas pelo site do Terraço Itália.

 

booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você ajuda a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *