Um refúgio mineiro chamado Tiradentes

Publicado em 21 de julho de 2017

Paisagem dos casarões antigos se confundem com a Serra de São José

Maiara Barbosa

A calmaria da cidade se confunde com o som das rodas charretes, deslizando sobre as pedras do calçamento, e os trotes dos cavalos que andam pelas ruas a levarem os visitantes aos pontos turísticos. O sol que reluz durante o dia todo faz reavivar as cores das casas do século XVIII e as paredes brancas dos casarões ficam ainda mais brilhantes. Para se completar a paisagem, a imponente Serra de São José serve de fortaleza para a cidade e é vista em qualquer ponto do horizonte para onde os olhos são apontados.

Tiradentes é mais resquício do passado, escondido em terras mineiras, que serve de fuga para a agitação do presente. Além de construções históricas e ruas charmosas para se passear, a cidade também conserva uma grande variedade de lojas de artesanato, rotas de ecoturismo e, claro, sua fervorosa Maria Fumaça.

Veja mais:

A cidade foi fundada no começo do século XVIII e seu nome é em homenagem ao herói da Inconfidência Mineira. Em 1938, o seu conjunto arquitetônico foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

A produção artística da cidade varia de itens de decoração para a casa, até tapetes feitos em tecelagens e esculturas talhadas em madeira, ou produzidas com estanho, ferro e papel machê.

A gastronomia é outro ponto forte: vários restaurantes e bistrôs surgiram em volta da praça principal e muita gente passa a tarde conversando em mesinhas ao ar livre, ou tomando um sorvete na praça. Lojas de chocolates artesanais, queijos e os famosos doces do morador mais popular da cidade, o Chico Doceiro, também são procurados pelos visitantes.

Diferentemente de Ouro Preto, as ruas de Tiradentes não contam com ladeiras tão sinuosas. A maior parte da cidade é plana e, os poucos morros que existem, não exigem tanta disposição física. Por lá também, a maioria das casas são térreas, diferentes dos sobrados da “vizinha” Ouro Preto, a 159 km de distância.

Onde ficar em Tiradentes?

A prefeitura da cidade disponibiliza uma lista das pousadas e hotéis das cidades. Em média, os preços variam entre R$ 120 até R$ 250 por casal.

A maioria das opções de hospedagem ficam, ou no Centro Histórico, ou muito próximo dali. A vantagem de se hospedar nessa área é que todos os passeios podem ser feito a pé.

BOOKING.COM: RESERVE SUA HOSPEDAGEM AQUI!

Onde comer em Tiradentes?

Além da tradicional comida mineira, alguns bares e restaurantes servem petiscos, lanches e até bacalhau. A maioria dos restaurantes também ficam no Centro Histórico e os preços variam de acordo com o paladar. Outra opção para provar (e levar embora também) são os queijos, cervejas e vinhos.

Como chegar em Tiradentes?

Para quem vai de carro, partindo de São Paulo, o caminho começa pela Rodovia Fernão Dias (BR-381) e depois entre no acesso para a BR-256. Outra opção é seguir pela BR-116 até a BR-383.

Saindo de Belo Horizonte, o caminho mais fácil é pela BR-040. Depois é possível percorrer 85 km até a entrada para a BR-383, na altura da cidade de Congonhas. Dali em diante são mais 105 km até a cidade de Tiradentes pela BR-383. São 190 km, com estimativa de viagem em 3 horas.

Outra opção é percorrer 170 km na BR-040 até Barbacena. De lá, o caminho será pela BR-265 por 55k até Tiradentes. Ao todo são 225 km e a viagem também leva 3 horas.

Já quem vem do Rio de Janeiro, a viagem começa pela BR-040 e depois pela BR-265. O trajeto é de 340 km e a viagem costuma demorar 4h30.

De ônibus, a melhor maneira é procurar pelo destino de São João Del Rei. Entre as duas cidades, são apenas 16 km e existem ônibus intermunicipais que fazem o trajeto. Uma dessas empresas é a Viação Presidente.

De São Paulo, a empresa que faz o trajeto é a Util. A passagem custa entre R$ 97,16 e R$ 120,24. A viagem costuma demorar entre 7h e 8h30.

Para quem for embarcar em Belo Horizonte, deve procurar pela Viação Sandra. No site da empresa, está relacionado os horários de partidas, mas o ideal é consultar antes por telefone se houve alguma alteração e os valores. Os telefone da bilheteria de BH são (31)3201-2512 ou (31)3201-2927.

No Rio de Janeiro é a empresa Paraibuna Transportes a responsável pelo trajeto. O valor da passagem varia entre R$ 79,40 e R$ 111,19. O tempo estimado de viagem é de 5h30.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo Brasil!

 

booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você ajuda a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!

 

 

Adicionar a favoritos link permanente.

2 Comments

  1. Angélica Lima

    Adoreeeiiii!!! Sou muito sua fã!!!

  2. Nei Bertonzini

    Muito bom. Parabéns. Muito sucesso. Estarei acompanhando.
    Tive a oportunidade de conhecer Tiradentes, realmente uma viagem fantástica, vale ressaltar pra quem gosta de trilha fazer uma passeio pela serra de São José. passando pelas cacheiras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *