O chão de tijolo de barro queimado antes vivia coberto por grãos de café. Do céu, o sol ajudava a torrar o café com o calor que era absorvido pelo chão do terreno.

Assim se foi por muitos anos. Hoje, porém, do café só ficou o nome e as lembranças. O Casarão do Café, em Salesópolis, se tornou um guardião da história da bebida mais apreciada no Brasil e da economia que ela ajudou a movimentar no século passado.

BOOKING.COM: RESERVE SUA HOSPEDAGEM AQUI!

Alguns pés de café ainda são vistos pela propriedade. Hoje em dia, a principal vocação dali é o turismo: nos cômodos construídos de taipa foi montado um pequeno museu com objetos da família.

Entre ferramentas e balanças, estão discos de vinil, rádios da década de 1940 e até mesmo frascos de antigos remédios das boticas que foram substituídas pelas farmácias.

Saiba mais:

Seu Norberto e Dona Lúcia são os atuais moradores do Casarão do Café e, literalmente, abrem as portas da casa para que os visitantes possam conhecê-la.

Durante o “passeio”, eles mostram o oratório com diversas imagens de santos católicos, a cozinha, onde o fogão de lenha e o cheirinho de comida caseira ressaltam o olfato, e o quintal por onde patos e galinhas dividem espaço com cabras e cabritos.

Sem dúvida, o grande atrativo do Casarão do Café é a refeição oferecida. Por R$ 15, Dona Lúcia prepara um banquete para o café da manhã com pães, bolos, café, sucos e muito mais.

Para provar o sabor da cozinha da roça é preciso agendar.

Ainda é possível visitar a roda d´água e entender como funciona o processo de moagem da cana de açúcar. Em uma leve e curta caminhada por um bosque, o som das águas indica o caminho até a margem da cachoeira. As águas correm com calma e o banho é permitido.

A visita ao Casarão do Café custa R$ 10 e ainda é possível comprar açúcar mascavo e paçoca, feitos lá mesmo.

Sobre Salesópolis e como chegar:

A cidade, que fica na Grande São Paulo já em direção ao litoral norte, é conhecida por abrigar a nascente do Rio Tietê. Além do Parque das Nascentes, também é possível visitar cachoeiras e fazer passeios de quadriciclo.

O caminho até lá começa pela Rodovia Ayrton Senna (SP-70) até a saída para Mogi das Cruzes. De lá, siga as placas em direção a Rodovia Mogi-Salesópolis (SP-88).

Ao chegar em Salesópolis, o Casarão do Café fica depois de cruzar o centro do cidade.

Basta seguir as placas que indicam os famosos restaurantes Senzala e Nhá Luz. No meio do caminho, as placas de informações turísticas também passarão a indicar a localização do Casarão do Café, que fica poucos quilômetros depois dos restaurantes.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite sua viagem pelo Brasil!

O booking.com faz cotação em diversas empresas/acomodações, garantindo os melhores preços e opções pra você. Reservando através deste link, você não paga nada a mais por isso e o Meu Destino é Logo Ali recebe uma contribuição. Com isso, você ajuda a manter o blog sempre atualizado e com novos conteúdos!

Deixe um comentário