Skip to content

Gruta da Lapa Doce e os mistérios das cavernas da Chapada Diamantina

“Quando nos deparamos com a entrada de uma caverna, somos tomados por um sentimento misto de temor e desejo. Temor das trevas, do desconhecido e desejo de encontrar as chaves de mistérios ainda não desvendados.”

Esta frase, exposta numa placa de madeira na entrada do Complexo da Lapa Doce, traduz o sentimento da experiência. Percorrer os caminhos da Lapa Doce é como uma viagem ao centro da Terra. Localizada na cidade de Iraquara, essa é uma das experiências mais originais e autênticas de tudo o que pode ser feito na Chapada Diamantina.

No total a gruta possui 42 quilômetros de extensão, mas apenas uma parte pode ser visitada nos roteiros disponíveis. Com essas dimensões, quem sofre com fobia de locais fechados e abafados não encontraram dificuldades em percorrer os caminhos, já que os salões são amplos e arejados.

Além disso, um guia acompanha o grupo e, antes do início do passeio, todos recebem uma lanterna para ajudar na caminhada.

Na sede da propriedade onde a Gruta Lapa Doce fica existe um umbuzeiro, que dá as boas vindas. A árvore é conhecida como o maior umbuzeiro já catalogado no nordeste!

No caminho a vegetação da Caatinga marca presença, junto com os mocós, da família dos roedores, e o canto das graúnas.

Para chegar até a entrada da gruta, é preciso vencer a descida de um desnível de 72 metros, entre escadarias e rochas soltas. Depois, já dentro dos salões, grande parte do caminho é percorrido em solo plano.

Existem dois percursos disponíveis:

  • Roteiro 1: Este roteiro tradicional percorre 850 metros da gruta e dura cerca de 2 horas. A entrada é feita em um ponto e a saída da gruta é em outra fenda.
  • Roteiro 2: Para percorrer os  41 quilômetros de extensão da gruta, é preciso agendar o passeio previamente. Além da duração ser maior, o visitante também conhece os locais onde foram encontradas diversas pinturas rupestres no complexo da Lapa Doce.

No roteiro convencional, de 850 metros, a imaginação enxerga diversas formas, objetos e cenários em meio às estalactites e estalagmites. Em um dos salões, a semelhança das formações com um presépio, por exemplo, impressionam. Além disso, há quem garanta que já avistou anjos, cogumelos e guarda-chuvas na Gruta da Lapa Doce.

Na saída da gruta, vendedores locais aproveitam pra comercializar pedras preciosas, cachaça e sucos de frutas típicas da região. A estrutura do local conta com um restaurante e sanitários. O valor da entrada é de R$ 20* para grupos com mais de três pessoas. Não é permita a entrada na gruta de sandálias ou chinelo, o ideal é usar um calçado fechado, como botas ou tênis.

*valor referente a janeiro de 2024

Deixe um

Comentário

Ninguém comentou ainda, seja o primeiro!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Salve no

Pinterest

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo Brasil!
pins_mdela_pinterest

Escute no

Spotify

Outras

Viagens