O silêncio que se observa no pátio do Santuário de Nossa Senhora de Fátima só é quebrado pelo badalar dos sinos da capelinha das aparições, convidando os devotos para orações. Até mesmo a música que ecoa do sino relembra a história das aparições de Nossa Senhora para os três pastorinhos através da canção: “As 13 de maio na cova da Iria, do céu aparece a Virgem Maria…”

As aparições aconteceram em 1917, sendo a primeira delas no dia 13 de maio. O local costumava a reunir quase 30 mil fieis em busca de curas e milagres, o que acabou transformando Fátima em um dos maiores centros de peregrinação mariana do mundo.

Nossa Senhora apareceu para três crianças: Jacinta, de 10 anos na época, Francisco, de 9 anos, e sua irmã Jacinta, de 7 anos. De acordo com os relatos, a aparição aconteceu sobre uma azinheira enquanto as crianças apascentavam o rebanho.

Fenômenos climáticos antecederam as aparições, o que causou uma comoção maior ainda.

O que visitar em Fátima?

A Capelinha das orações é um dos locais mais procurados pelos devotos. Ali acontecem missas e os fiéis se reúnem para rezar o terço.

A Capelinha é considerada o “coração” do Santuário. Das seis aparições de Nossa Senhora, cinco aconteceram neste local. Os relatos ainda dizem que teria sido a Mãe de Jesus quem pediu que se erguesse uma capela no local, o que aconteceu em 1919.

Saiba mais:

A primeira missa, porém, foi celebrada somente no dia 13 de outubro de 1921. Ela chegou a ser reconstruída e foi reinaugurada em 1923.

O que se destaca na Capelinha é o órgão musical que acompanha as celebrações. Andando pelo pátio do Santuário, não é difícil de ouvir a canção “Treze de Maio” em versão instrumental.

A azinheira original, de onde Nossa Senhora fazia suas aparições, desapareceu. Porém, atrás da capelinha, uma réplica da árvore foi plantada no mesmo local e, inclusive, é considerada de “interesse público” pelo estado português.

Já a Basílica do Santuário foi construída no local indicado por Nossa Senhora em uma de suas aparições.

De estilo neobarroco, ela abriga o túmulo dos três pastorinhos. De um lado estão os túmulos de Jacinta e Lúcia e, do outro, do menino Francisco.

A construção da basílica foi feita somente com pedras da região e a torre mede 65 metros. La em cima fica uma cosia de bronze de mais de 7 mil quilos.

O Santuário ainda tem uma sala reservada para confissões na Basílica da Santíssima Trindade. Lá dentro, padres de diferentes nacionalidades se revezam para atender os fieis.

No Portal do Santuário é possível consultar todos os horários de missas, celebradas tanto na Capelinha, quanto na Basílica e nos demais espaços do Santuário, além dos horários de confissão e da tradicional procissão das velas. O site disponibiliza também o idioma de cada celebração.

Salve essas dicas no Pinterest e aproveite melhor a sua viagem pelo mundo!

9 Comments

  • Nathalia
    Posted 09/01/2019

    Muito ineressante! Visitar Fatima deve ser incrível até para quem não é religioso, como eu. Adoro aprender mais sobre qualquer assunto. Obrigada por compartilhar.

  • Juliana
    Posted 10/01/2019

    Caramba Mai, deve ser um passeio tão forte e poderoso né? Fiquei imaginando as crianças que a viram, como deve ter sido especial esse momento. Arrepiei!

  • Paula Gabi
    Posted 11/01/2019

    Oi Maiara, que ótimo este post! Quero muito visitar Fátima com minha mãe algum dia. É fácil chegar até a Basílica?

  • Camila
    Posted 11/01/2019

    Pouca gente fala de turismo religioso… acho que deve ser um passeio sensacional e espero ir um dia!

  • Débora
    Posted 13/01/2019

    Conheci em março de 2018… Visitar o Santuário de Fátima pra mim foi muito especial… que lugar mais abençoado e de paz, né?

  • Vanessa
    Posted 13/01/2019

    É o tipo de lugar que vale a pena visitar independente de ser ou não católico né? Acho que as igrejas guardam tanto da cultura e história do lugar que é impossível ficar indiferente a elas. Belo post!

  • Jéssica Lopes
    Posted 14/01/2019

    Sensacional este post, além da história das 3 crianças que viram a Nossa Senhora quem visita esse lugar fica maravilhado com tanta riqueza e tanta história, algo que é bem representado aqui em Portugal, vale a pena visitar esse lugar!

  • Amanda
    Posted 15/01/2019

    Uma coisa que eu gosto de fazer em minhas viagens é visitar igrejas. Na verdade, são os únicos momentos em que eu as frequento. Valem super a pena, é uma mais linda que a outra!

  • Michele
    Posted 15/01/2019

    Oi Maiara que post lindo e emocionante. Um lugar tão abençoado! Estou contando os dias para conhecer. Obrigada por compartilhar

Deixe um comentário

Newsletter

Deixe aqui seu e-mail para receber as novidades!

Meu Destino é Logo Ali  2020. Todos os direitos reservados.